Domingo, 1 de Maio de 2005

Dia da Mãe

Para todas as mães, muito especialmente para a minha....


MÃE


"Ser mãe é ter tudo e não ter nada"
É criar um filho para o mundo
É dar aos outros aquilo que era seu!
É cravar no peito, bem profundo,
O punhal do amor!
E cheia de dor,
Viver alegria e tristeza,
Encher a tua alma de beleza
Vendo este filho crescer
E se afastar de ti...
É sonhar felicidade
É saber compreender
É saber acompanhar na obscuridade...
Mas deixando-o sozinho
Correndo para a vida!...
Ampará-lo se cair
Apaludi-lo se subir
Ensinar-lhe com autoridade
E vence-lo com suavidade
Diante deste filho,
Tornar-se pequenina, tu, oh! Mãe és gigante
E no teu coração vibrante
Um soluço esconder.
Que este filho, seja o bem supremo!
Seja a glória da tua vida!
Quando ele te trouxer, querida,
O neto que tu almejas,
O neto que tu desejas
Suavemente adormecer!

(Desconheço o autor)

publicado por Zé às 11:19
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 2 de Maio de 2005 às 09:24
Simplesmente maravilhoso!Mena
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 1 de Maio de 2005 às 16:37
Bela homenagem às Mães. Elas merecem, não é verdade? Bjs!januario
(http://santaterrinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:santaterrinha@netvisao.pt)

Comentar post