Sábado, 28 de Maio de 2005

Por que será????

Por que será que os novos muros do cemitério do Bunheiro são tão altos???? Será com medo que os mortos fujam????
....Confesso que tenho andado muito distraída, muito alheada mesmo do que me rodeia; imaginem então qual a minha surpresa, quando hoje deitei uma olhadela pela janela à procura da ria, da ponte da Varela (gesto bastante habitual em mim) e dei com os olhos nos ditos muros, com uma altura bastante acima do esperado....
Bem, a ria não consegui ver e tive que me esforçar para ver o cimo da ponte....
publicado por Zé às 00:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Maio de 2005

OS MAIS NOVOS CÁ DE CASA

Hpim2372.jpg


Estes são os menbros mais novos da família, fazem hoje 4 semanas e estão a ficar cheios de graça.

(Quim...pensavas que só tu tinhas gatinhos????...tb tenho, só que menos )
publicado por Zé às 07:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 15 de Maio de 2005

À LAIA DE COMENTÁRIO

Como acontece com alguma frequência.....fiz uma pausa e bem grande.
A verdade é que não me tem apetecido escrever....e como estas coisas têm que ser espontâneas, forçar um post, só para não ficar calada, também não me agrada muito.
De qualquer maneira e apesar de a minha disponibilidade também não ter sido muita, nos últimos dias, estive atenta ao que se escreveu e ao que se comentou.

Fiquei um bocado chateada, com um chorrilho de comentários a um post do João Cruz. Não há pachorra. Aquilo não tinha a ver com nada, era um despejar de "dores de cotovelo" recalcadas, de quem critica por baixo da capa do anonimato, e que provávelmete nunca fez nada, na área do voluntariado, sem que houvesse alguma contrapartida....adiante.

Noutro blog temos o sr. Cabasso, que embora se julgue com pleno direito de manter o anonimato, proibiu os comentários anónimos...não me afecta, porque quando escrevo um post ou comento os dos outros, tenho o hábito de me identificar, só não percebi esta dualidade de conceitos.

Para a Celine, um grande abraço e votos de sucesso profissional (e pessoal, claro). Apesar de gostar muito do que escreves, ainda bem que tens trabalho...e as poesias, também nos fazem falta e têm sido bem escolhidas.

O Januário (graças a Deus), todos os dias nos traz novidades, e dado o carácter abrangente que dá ao blog, é sempre interessante.

Ao Manuel Arcêncio...gosto sempre de ler, embora eu saiba que os afazeres também o levem a algumas ausências. Aquela da formação de professores, é inacreditável..como permitem??? Um dia destes tens que estar nas aulas de braços no ar para espantar os maus fluídos.

As enguias têm feito muito pouco escabeche...façam mais.

O Joaquim tem postado bastante, com fotos liiindas do Bunheiro, embora às vezes me deixe perdida nos seus devaneios filosóficos.... às vezes não sei muito bem de que estás a falar, tenta ser mais claro.

A nossa Murtosa essa está mais bonita. Com o passar dos dias as coisas vão ficando no seu lugar e comçam a ficar mais agradáveis à vista, embora aquela sinalização horizontal brrrrrrr.....seja quase impossivel de respeitar na íntegra.

Espero que me perdoem estes desabafos....um abraço a todos.
publicado por Zé às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 14 de Maio de 2005

À LAIA DE COMENTÁRIO

Como acontece com alguma frequência.....fiz uma pausa e bem grande.
A verdade é que não me tem apetecido escrever....e como estas coisas têm que ser espontâneas, forçar um post, só para não ficar calada, também não me agrada muito.
De qualquer maneira e apesar de a minha disponibilidade também não ter sido muita, nos últimos dias, estive atenta ao que se escreveu e ao que se comentou.
Fiquei um bocado chateada, com um chorrilho de comentários a um post do João Cruz. Não há pachorra. Aquilo não tinha a ver com nada, era um despejar de "dores de cotovelo" recalcadas, de quem critica por baixo da capa do anonimato, e que provávelmete nunca fez nada, na área do voluntariado, sem que houvesse alguma contrapartida....adiante.

Noutro blog temos o sr. Cabasso, que embora se julgue com pleno direito de manter o anonimato, proibiu os comentários anónimos...não me afecta, porque quando escrevo um post ou comento os dos outros, tenho o hábito de me identificar, só não percebi esta dualidade de conceitos.

Para a Celine, um grande abraço e votos de sucesso profissional (e pessoal, claro). Apesar de gostar muito do que escreves, ainda bem que tens trabalho...e as poesias, também nos fazem falta e têm sido bem escolhidas.

O Januário (graças a Deus), todos os dias nos traz novidades, e dado o carácter abrangente que dá ao blog, é sempre interessante.

Ao Manuel Arcêncio...gosto sempre de ler, embora eu saiba que os afazeres também o levem a algumas ausências. Aquela da formação de professores, é inacreditável..como permitem??? Um dia destes tens que estar nas aulas de braços no ar para espantar os maus fluídos.

As enguias têm feito muito pouco escabeche...façam mais.

O Joaquim tem postado bastante, com fotos liiindas do Bunheiro, embora às vezes me deixe perdida nos seus devaneios filosóficos.... às vezes não sei muito bem de que estás a falar, tenta ser mais claro.

A nossa Murtosa essa está mais bonita. Com o passar dos dias as coisas vão ficando no seu lugar e comçam a ficar mais agradáveis à vista (embora aquela sinalização horizontal brrrrrrr.....seja quase impossivel de respeitar na íntegra.

Espero que me perdoem estes desabafos....um abraço a todos.
publicado por Zé às 23:59
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Maio de 2005

MÃE...PARA ALÉM DO REINO HUMANO

17612_wallpaper280.jpg
publicado por Zé às 21:08
link do post | comentar | favorito
|

Dia da Mãe

Para todas as mães, muito especialmente para a minha....


MÃE


"Ser mãe é ter tudo e não ter nada"
É criar um filho para o mundo
É dar aos outros aquilo que era seu!
É cravar no peito, bem profundo,
O punhal do amor!
E cheia de dor,
Viver alegria e tristeza,
Encher a tua alma de beleza
Vendo este filho crescer
E se afastar de ti...
É sonhar felicidade
É saber compreender
É saber acompanhar na obscuridade...
Mas deixando-o sozinho
Correndo para a vida!...
Ampará-lo se cair
Apaludi-lo se subir
Ensinar-lhe com autoridade
E vence-lo com suavidade
Diante deste filho,
Tornar-se pequenina, tu, oh! Mãe és gigante
E no teu coração vibrante
Um soluço esconder.
Que este filho, seja o bem supremo!
Seja a glória da tua vida!
Quando ele te trouxer, querida,
O neto que tu almejas,
O neto que tu desejas
Suavemente adormecer!

(Desconheço o autor)

publicado por Zé às 11:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Porque é bom recordar.......

. Recantos da minha memória...

. Para sempre....Pavarotti

. UM STOP?!?!?

. Cuidado....Carro de luxo ...

. MULTIBANCO

. 25 DE ABRIL

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. Zeca Afonso....20 anos de...

. CARNAVAL 2007

.Com teias de aranha

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.Blogs da Murtosa

.Passaram por cá

.mais sobre mim

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds