Domingo, 30 de Janeiro de 2005

Cuidado!!!

Tenham muito cuidado e não se iludam, com as promessas eleitorais dos nossos líderes políticos, essa história dos 150.000 empregos é uma ganda tanga...
Vejam só como será a

FÁBRICA DO FUTURO

No futuro as fábricas só vão ter como trabalhadores 1 cão e um
engenheiro.
O resto vai ser tudo automatizado.
Só lá vai estar o engenheiro para dar de comer ao cão e o cão está lá
Para não deixar o engenheiro mexer nas máquinas.

(Sorria!..só lhe faz bem)
publicado por Zé às 14:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 22 de Janeiro de 2005

Não estavam esquecidas!!...

Afinal aquelas zonas de que falei, nos posts anteriores, não estão tão esquecidas, como eu disse, como eu pensava...
Por mero acaso, numa reunião que tive esta semana (e que nada tinha a ver com isso), mostraram-me o projecto do futuro museu de arte sacra do Bunheiro (que deverá situar-se no local onde está a antiga residência paroquial) e de toda a zona envolvente e que é precisamente a de que vos falei.
Não percebi muito bem, nem me era conveniente naquele momento aprofundar o assunto, de quem é o projecto...se da junta de freguesia, se da paróquia, se das duas.
Espero bem que seja um projecto conjunto, porque se não houver cooperação será quase impossível concretizá-lo
Posso-vos dizer, que se for mesmo o que está projectado vai ficar muito bom. Poderá realmente ser a sala de visitas do Bunheiro.
...E a Nossa Senhora que o vento levou, afinal existe e irá ter um local próprio, bem mais cá para a frente.
Por agora não posso adiantar-vos mais. Espero um dia destes conseguir, espreitar um bocadinho mais para poder transmitir.
publicado por Zé às 12:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 16 de Janeiro de 2005

Post Scriptum

Santa.jpg


Ao post anterior, quero juntar esta fabulosa foto, gentilmente cedida pelo Januário, de quando a Nossa Senhora ainda estava no pedestal.
publicado por Zé às 11:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 15 de Janeiro de 2005

Mais um postal ilustrado do Bunheiro

Hpim2220.jpg

Confesso que não sei muito bem como é que este recanto, chegou a tal ponto de desleixo.

Para quem não reconhecer, este espaço situa-se ao lado do cemitério do Bunheiro (mesmo entre o cemitério e o monte de terra da foto anterior).
Lembro-me deste espaço bem delineado dos terrenos envolventes, julgo que com uma cobertura de cimento, com arbustos, chegou até a ter bancos e o pilar granítico que se vê ao fundo era encimado por uma imagem de Nossa Senhora, comemorativa de um ano Mariano; a base eram, salvo erro, uns losangos de granito sobrepostos (provávelmente ainda lá está, mas não se vê), atrás desse pilar havia um biombo de ciprestes.
Habituei-me desde pequena a ver este espaço como um recanto "arranjadinho" e agradável desta freguesia.

Como dizia no princípio, não sei muito bem, como é que a destruição começou, nem porque ordem aconteceu. As árvores desapareceram para dar lugar ao lindo quadro de abandono que é a ribeira do solão e o seu acesso. Para a frente e até aos portões do cemitério, desapareceu o contorno deste "jardim", desapareceram os arbustos, desapareceram os bancos...e foi tudo substituído por uma camada mal posta de um qualquer sucedâneo de asfalto...na base do monumento "plantaram" um monte de paralelos (talvez com a esperança de que se reproduzam e sejam suficientes para fazer a cobertura), quanto à imagem de Nossa Senhora, o tornado que destruiu muita coisa no centro da freguesia, em Novembro de 2002, "levou-a" e ficamos com um pilar vazio que se desaparecesse se calhar até ajudava a apagar tudo aquilo da nossa memória.
Não sei exactamente de quem é a responsabilidade deste espaço...mas de certeza que é de alguém..
Meus senhores, este é o centro da freguesia...e postais ilustrados destes, são perfeitamente dispensáveis. Acho que já é tempo de dar a volta a isto.
publicado por Zé às 12:08
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2005

Paisagismo

Hpim2221.jpg

...No início ainda pensei que fosse um monte de terra que estivesse temporariamente, no pseudo-parque em frente ao cemitério, a que dariam caminho com alguma brevidade. Afinal passaram os dias e os meses, julgo que já passou mais que um ano e a terra lá continua...
Só posso concluir que seja o último grito da moda em arquitectura paisagística....

publicado por Zé às 21:56
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 11 de Janeiro de 2005

Ilegível

Hpim2219.jpg


Imaginem, que não são de cá...que chegam ao centro do Bunheiro, pela 226-2, e querem ir para Pardilhó ou Avanca...deparam-se com o sinal que a foto mostra....será que dão com o caminho???
Mesmo que dêem, convenhamos que é feio. O centro da freguesia já é pouco atractivo e depois ainda com bibelots destes...
Se calhar, ainda ninguém com responsabilidade no assunto reparou...
Aqui fica o alerta.
publicado por Zé às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 9 de Janeiro de 2005

Festa de S. Gonçalo - as fotos

Hpim2222.jpg


Galo.JPG


subida ao mastro_1.JPG

Subida ao mastro_2.JPG

Subida ao mastro_3.JPG

final1.JPG


Foi assim a principal atracção da festa...e como já ontem previa, o galo é que teve de descer, porque já o sol se escondia e os 4 ou 5 mancebos concorrentes, tinham tanto sebo que não conseguiam chegar a lado nenhum...
Para o ano há mais.
publicado por Zé às 19:27
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 8 de Janeiro de 2005

Festa de S. Gonçalo

No próximo dia 10, é dia de S. Gonçalo e como residente no lugar, não poderia deixar de falar no assunto.
Sempre foi uma romaria com bastante tradição, apesar de ser festinha para um dia só, com missa procissão, muitas promessas que o santo é milagreiro, um arraial para acompanhar a (essa sim) tradicional subida ao mastro para ir buscar o galo e por aí ficávamos, até porque é uma festa de inverno, está frio e não apetece andar na rua.
Mas...de há uns anos a esta parte, quiseram fazer da festa de S. Gonçalo, um arraial maior, com mais que um dia de festa...vai daí, este ano, como o dia do santo é à segunda, e é preciso aproveitar o fim de semana, 3 dias de festa...
Não vos posso informar do programa das festas, lamento...o mastro de eucalipto já lá está desde o passado domingo, pelo que julgo que amanhã, meia dúzia de rufias de Pardilhó, se esfreguem desenfreadamente naquele tronco ensebado para chegarem ao galo ( e mais alguma coisa, que já ninguém se sujeita a tanto esforço só pelo galo), mas como será díficil, os mordomos baixarão a gaiola quase até ao chão e ficam todos felizes. Amanhã confirmo-vos a história...
Ora bem, mas como estamos em tempo de vacas magras, presumo que grande parte da festa se resuma a música gravada. Então meus caros vocês não imaginam, não pode imaginar, como é agradável morar aqui, nestes dias. Desde as 10h da manhã, que somos bombardeados com a maior variedade de música pimba, e mesmo dessa área, seleccionada a mais rasca que possam imaginar. Já ouvi de tudo, já estou saturada e ainda hoje é o primeiro dia....
Tenham um bom fim de semana
publicado por Zé às 15:14
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 4 de Janeiro de 2005

Aproveite o momento!...

Desculpem-me por isto não estar escrito em português...mesmo assim, achei que valia a pena compartilhar.

APROVEITE O MOMENTO



Eu tenho uma amiga que vive baseada em uma filosofia de três palavras:
Aproveite o momento.

Exatamente por isso, ela me parece ser a mulher mais sábia neste planeta.
Muitas pessoas adiam algo que lhes traz alegria só porque não
pensaram sobre isto, ou não tem vaga em sua agenda, ou não sabem o
que vem pela frente ou são muito rígidas para sair da rotina.

Outro dia eu estava pensando sobre todas aquelas mulheres no
Titanic, que privaram-se da sobremesa no jantar naquela noite fatal
num esforço para manter a silhueta.
Parece meio besta mas pense bem.
Daí em diante eu tentei ser um pouco mais flexível.

Quantas mulheres por aí comerão em casa porque quando seu marido
convidou para jantar já tinha algo descongelado?
Quantas vezes você tinha suas crianças prontas para brincar e
conversar e você ficou em silêncio assistindo aquele programa na televisão?

Foram inúmeras as vezes em que eu liguei para minha irmã e disse,
- Que tal irmos almoçar daqui a meia hora?
Ela ofegava e gaguejava um
- Eu não posso.
Sempre completado com um:
- Preciso lavar a cabeça.
- Você devia ter me avisado ontem.
- Eu tomei o café da manhã muito tarde.
- Parece que vai chover.
E o meu favorito: - Hoje é segunda-feira.

Ela morreu alguns anos atrás. E nós nunca almoçamos juntas.

Parece que nós programamos até o horário da dor de cabeça.
Nós vivemos com uma lista de promessas que fazemos para nós
mesmos para quando as condições forem perfeitas:
Visitarei meus avós... quando conseguirmos reformar o banheiro;
Faremos uma festa... quando substituirmos o tapete;
Sairemos em uma segunda lua de mel... quando as crianças se formarem.

A vida tem um jeito mais acelerado quando vamos ficando mais velhos.
Os dias ficam menores e a lista de promessas para nós mesmos vai
ficando cada vez mais longa.

Uma manhã a gente acorda e tudo o que temos para mostrar de nossas
vidas é uma ladainha de "estou indo", "estou planejando" e
"algum dia, quando as coisas estiverem ajeitadas".

Quando alguém convida minha amiga "aproveite o momento", ela está
sempre aberta à aventuras e disponível para viagens.
Ela mantém a mente aberta para novas idéias.
Seu entusiasmo pela vida é contagioso.

Meus lábios não tocavam em um sorvete há 10 anos.
E eu adoro sorvete.
Noutro dia, eu parei o carro e comprei um cascão triplo.
Se meu carro batesse em um iceberg a caminho casa, eu teria morrido feliz.

Agora, vá em frente e tenha um bom dia.
Faça algo que você QUER fazer e não apenas algo que DEVIA ESTAR NA LISTA.


Tradução Sergio Barros em texto de autoria desconhecida.
publicado por Zé às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2005

E depois...do tsunami

top.12.tsunami.ap

Depois das infindáveis imagens de destruição e morte, que nos últimos 8 dias preencheram a quase totalidade de todos os telejornais, chegam-nos agora as imagens de de desespero dos sobreviventes. É a fome, a falta de assistência médica e medicamentosa...julgo que a falta de tudo. As maiores vítimas como sempre, são as crianças e os idosos.

Eu sei que já tudo foi dito...ou quase, mas é impossível ficar indiferente a esta tragédia que assolou o mundo neste final de ano.
A revolta já me tem levado a pensar, quem terá tido melhor sorte...se os que ficaram, se os que partiram...
Pelo menos as virtudes da solidariedade e compaixão tiveram a oportunidade de mostrar que ainda existiam.
Esperemos que os senhores da guerra, sejam eles norte americanos, arabes ou israelitas, parem para pensar se vale a pena continuar a matar com armas.

No início deste novo ano, desejo a quem me possa ler, as maiores felicidades e sucessos, para que possamos contribuir com o melhor de nós, na construção de um mundo melhor.
FELIZ ANO de 2005
publicado por Zé às 22:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Porque é bom recordar.......

. Recantos da minha memória...

. Para sempre....Pavarotti

. UM STOP?!?!?

. Cuidado....Carro de luxo ...

. MULTIBANCO

. 25 DE ABRIL

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. Zeca Afonso....20 anos de...

. CARNAVAL 2007

.Com teias de aranha

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.Blogs da Murtosa

.Passaram por cá

.mais sobre mim

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds